quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Fraturas de patela


As fraturas da patela são prevalentes na faixa etária de 20 a 50 anos e representam 1% das fraturas. São classificadas através de 2 aspectos principais:
*característica do traço de fratura;
*presença de exposição óssea.
O que dirige a escolha do tratamento dentro das diversas técnicas propostas.O mecanismo de lesão pode ser direto - o mais frequente - ou indireto.

As fraturas patelares são classificadas, quanto ao traço em:
*transversal;
*ápice;
*base;
*cominuta;
*vertical;
*osteocondral;
*e quanto ao grau de desvio em desviadas e não desviadas.

As fraturas transversais são as mais comuns, representando 50 a 80% das fraturas patelares, as cominutas representam 30 a 35% e as verticais 12 a 17%.