domingo, 12 de setembro de 2010

Clavícula

A clavícula é um osso subcutâneo , podendo ser palpada abaixo da pele ao longo de todo o seu comprimento.
A espessura da clavícula varia , apresentando-se achatada no seu terço distal e tubular no terço proximal. A junção entre essas porções no terço médio da clavícula torna esse ponto enfraquecido , o que poderia explicar a maior frequência de fraturas nesse local.

A funções da clavícula são :

- conecta o tórax com o ombro

- proteção de importantes estruturas neuro-vasculares que passam sob a clavícula


A fratura da clavícula pode ocorrer geralmente de duas formas

1) queda apoiando a mão ou cotovelo no solo - a força é transmitida pelo braço e dispersando-se ao longo da clavícula, provocando fratura se a força transmitida for maior que a resistência da clavícula.

2) trauma direto na clavícula - Pode ocorrer em acidentes de carro pela compressão da clavícula pelo cinto de segurança

O paciente apresenta-se com dor e aumento de volume local, podendo ocorrer uma deformidade nos casos de fraturas com desvio


O diagnóstico é confirmado através de radiografia simples.



A grande maioria das fraturas do terço médio da clavícula são tratadas de forma não cirúrgica com ótimos resultados. Mesmo que as fraturas deslocadas da clavícula não possam ser posicionadas e mantidas numa posição perfeita (anatômica), o resultado estético é bom e os resultados funcionais são excelentes.


Técnica Radiográfica

Preferencialmente com o paciente em posição ortostática; porém o exame pode ser realizado em decúbito dorsal.
Apoiar a região posterior do tórax no bucky vertical com o paciente ereto e com o membro superior estendido ao longo do corpo na posição neutra.
A linha hemiclavicular do lado de interesse deve coincidir com o centro do bucky de modo que a estrutura seje projetada no meio do filme 18x24 ou 24x30 transversal.
Solicitar apnéia.
Raio central no 1/3 médio da clavícula com inclinação cefálica de 15 a 20°.